Grande Vitória (ES) recebe o primeiro ônibus elétrico 100% brasileiro da Eletra

INGRID NERYS
De Vitória (ES)

Na manhã desta terça-feira (27/9), a Eletra entregou o primeiro dos quatro ônibus elétricos adquiridos pelo Governo do Estado do Espírito Santo.

O evento aconteceu no Parque da Cidade, no município de Serra, e contou com a presença de empresários, secretários de Estado e funcionários do Sistema Transcol.

O e-Bus Eletra 12,5m é um ônibus 100% elétrico inteiramente fabricado no Brasil, com tecnologia nacional, inclusive as baterias.

O ônibus começará a circular a partir de outubro, após emplacamento e vistoria da Companhia Estadual de Transportes Coletivos de Passageiros do Estado do Espírito Santo (Ceturb).

A linha escolhida para a inauguração será a 515, que faz o trajeto entre o Terminal de Laranjeiras (Serra) e o Terminal Campo Grande (Cariacica), via Beira Mar, em Vitória.

EVOLUÇÃO

A presidente da Eletra, Milena Romano, destacou a evolução da empresa desde a sua fundação, em 1999, em São Bernardo do Campo (SP).

“A Eletra existe há mais de 20 anos; começamos desenvolvendo trólebus, depois ônibus e caminhões híbridos; produzimos o primeiro ônibus nacional 100% elétrico há mais de oito anos e agora chegou o momento de ampliar nossa produção do e-Bus para atender todo o mercado brasileiro”.

“Esse é o início de uma nova fase de desenvolvimento para a mobilidade urbana sustentável no País” – acrescentou. “A Eletra está se preparando para ser a maior montadora de ônibus elétricos do Brasil e da América Latina”.

De acordo com o Secretário de Mobilidade Urbana do Espírito Santo (Semobi), Fábio Damasceno, os novos ônibus elétricos servirão para melhorar a qualidade de vida da população.

“O e-Bus vai entrar no batente, não será ônibus de enfeite. Esperamos receber os outros três ônibus nos meses de outubro e novembro”.

A Secretaria combinou com a Eletra alguns ajustes para adaptar o e-Bus ao Sistema Transcol. O veículo, agora, entrará numa fase de testes de desempenho.

“Fizemos o ônibus com bateria menor, para ter menos peso, e com recarga rápida; como temos distâncias curtas, vai dar para operar; e vamos agora fazer a avaliação e um treinamento diferenciado de motoristas e equipes de manutenção” – explicou o secretário.

O e-Bus será também o primeiro ônibus com piso baixo, sem escadas, da Região Metropolitana da Grande Vitória.

Ricardo Pessanha, secretário de Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Desenvolvimento Econômico (Sectides) lembrou que o projeto de eletrificação do transporte no estado começou em 2019.

“Começamos a conversar sobre o projeto de mobilidade elétrica desde o início do nosso governo; esse ônibus é uma inovação, pois reúne os elementos que já existem e se transforma em um veículo movido a energia limpa e tecnológico”.

“Espero que o Espírito Santo dê um exemplo para os outros estados, e não quero que pare por aqui; desejo que toda nossa frota seja elétrica em breve” – disse Pessanha.

Raphael Trés, presidente da Ceturb, destacou a inovação trazida pelos ônibus da Eletra.

“É uma grande alegria entregar esse veículo hoje; ele marca o início de uma nova era do transporte público da Região Metropolitana de Vitória, do Sistema Transcol e do País como um todo”.

TECNOLOGIA

Usuário do transporte público, o trabalhador Joel Campos, de 42 anos, passeava com o filho pequeno no parque e resolveu acompanhar o lançamento do e-Bus. Ele ressaltou a importância da tecnologia elétrica aliada à mobilidade urbana.

“É essencial poluir menos o meio ambiente, e o ônibus elétrico veio para diminuir o impacto da poluição. O ônibus é muito bonito e vai ajudar muito quem utiliza o Transcol”.

Não faltaram elogios também por parte do primeiro motorista do e-Bus capixaba. Hilário Zumacke disse que emocionou-se ao pilotar o primeiro ônibus elétrico do estado.

“É muito diferente, mas bom de dirigir, é uma máquina”!

De acordo com Fábio Cançado, representante dos consórcios operadores do Sistema Transcol, o comprometimento e a soma de esforços entre entes públicos e privados foram decisivos para a aquisição do e-Bus.

“É um momento histórico, graças a uma parceria dos empresários com o Governo do Estado e com empresas brasileiras de renome internacional”.

“Temos uma conjunção de esforços, com uma tecnologia 100% brasileira e o primeiro ônibus totalmente elétrico. É um passo gigantesco que se dá em termos de sustentabilidade e cuidado com o meio ambiente”.

ECONOMIA

O e-Bus Eletra tem 12,5m, capacidade para 70 passageiros, ar condicionado, wi-fi e entretenimento a bordo e o INbus, sistema que permite a visualização da lotação em tempo real.

O veículo foi produzido pela Eletra em parceria com a Mercedes-Benz (chassi), Caio (carroceria) e WEG (motor elétrico, inversor e bateria), sendo 100% brasileiro.

Tem autonomia de 140 km a 250 km, com recargas de oportunidade e velocidade máxima de 60 km/h.

O gerente comercial da Eletra, Silvestre Cavalcante Sousa, explicou que a manutenção do e-Bus é mais barata do que do ônibus similar a diesel.

“Há uma redução de até 25% no custo de manutenção do e-Bus, uma economia não apenas na despesa com combustível, mas também no gasto em reparos que os ônibus exigem periodicamente”.

Também participaram da cerimônia Walter Barbosa, diretor de vendas da Mercedes-Benz; José Gildo Vendramini (Zezinho), gerente nacional de vendas da Caio; Gilson Piovesan, gerente da divisão de e-mobility da WEG e Maísa Fusco, representante comercial da Caio.

HISTÓRIA

A Eletra é uma empresa 100% nacional, com foco em tecnologia de tração elétrica e integração de sistemas elétricos para transporte de passageiros e de carga.

Foi fundada em 1999, em São Bernardo do Campo, região do ABC paulista, por um grupo empresarial com mais de um século de experiência em transporte público.

A Eletra capacitou-se para atender, no curto prazo, à demanda por ônibus elétricos dos estados e municípios que aprovaram planos de renovação de suas frotas.

No primeiro semestre, a empresa transferiu suas instalações para uma nova área industrial de 27 mil m² na Via Anchieta (SP), com capacidade de produzir até 1.800 ônibus elétricos/ano, podendo ampliar essa produção em 50% conforme a demanda.

Alguns dos principais momentos da história da Eletra:

  • 1999: produz o primeiro ônibus elétrico híbrido articulado do Brasil;
  • 2001: primeiro Padron elétrico híbrido;
  • 2002: primeiro trólebus fabricado no Brasil;
  • 2003: finalista do The World Technology Awards 2003 (São Francisco-EUA);
  • 2013: primeiro ônibus 100% elétrico articulado fabricado no Brasil;
  • 2015: primeiro retrofit de caminhão diesel para elétrico;
  • 2017: participa da produção dos protótipos do e-Delivery, o primeiro caminhão elétrico mundial da Volkswagen;
  • 2017: lança o Dual-Bus 13,8m, veículo que pode rodar como híbrido e trólebus ou como híbrido e elétrico puro;
  • 2019: lança o Dual Bus 15m;
  • 2021: fabrica o primeiro carro-forte 100% elétrico no mundo, em parceria com a Protege;
  • 2022: lança cinco novos modelos e-Bus 100% elétricos: 12,5m, 15m, 21,5m, 12,8m e 10m.
  • 2022: inaugura uma nova e ampla unidade industrial no km 16 da Via Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP).

Eletra entrega e-Bus 12,5m para Grande Vitória na terça-feira
ANTERIOR
Salvador recebe amanhã, 30, o primeiro ônibus elétrico 100% brasileiro da Eletra
PRÓXIMO

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *