Uber e Hyundai Motor fazem parceria para compartilhamento de viagens aéreas

A Uber e a Hyundai Motor Company anunciaram parceria para desenvolver o Uber Air para uma futura rede de compartilhamento de viagens aéreas e apresentou um novo conceito de aeronave em escala completa na Consumer Electronics Show (CES). A Hyundai é a primeira empresa automotiva a aderir à iniciativa do Uber Elevate, trazendo capacidade de fabricação em escala automotiva e um histórico de veículos elétricos de produção em massa.

O conceito de veículo aéreo que a Hyundai divulgou foi criado em parte pelo processo de projeto aberto da Uber, uma abordagem inspirada na Nasa, que estimula a inovação ao divulgar publicamente conceitos de projeto de veículo para que qualquer empresa possa usá-lo para inovar seus modelos de táxi aéreo e tecnologias de engenharia.

Nesta parceria, a Hyundai produzirá e implementará os veículos aéreos e a Uber fornecerá serviços de suporte ao espaço aéreo, conexões para transporte terrestre e interfaces com os usuários por meio de uma rede de compartilhamento de viagem aérea. Ambas as partes estão colaborando nos conceitos de infraestrutura para apoiar a decolagem e o pouso desta nova classe de veículos.

“Nossa visão de Mobilidade Aérea Urbana transformará o conceito de mobilidade urbana”, disse Jaiwon Shin, vice-presidente executivo e líder da Divisão de Mobilidade Aérea Urbana (UAM) da Hyundai. “Esperamos que a UAM vitalize as comunidades urbanas e forneça mais tempo de qualidade às pessoas. Estamos confiantes de que o Uber Elevate é o parceiro certo para tornar este produto inovador prontamente disponível para o maior número possível de usuários.”

“A Hyundai é nosso primeiro parceiro de veículos com experiência na fabricação de automóveis de passageiros em escala global. Acreditamos que a Hyundai tem o potencial de construir veículos Uber Air a taxas nunca vistas na indústria aeroespacial atual, produzindo aeronaves confiáveis e de alta qualidade em grandes volumes para reduzir os custos de usuários por viagem. A combinação da força de fabricação da Hyundai com a plataforma tecnológica da Uber representa um grande passo à frente para o lançamento de uma vibrante rede de táxi aéreo nos próximos anos”, disse Eric Allison, líder do Uber Elevate.

Em preparação para este anúncio, a Hyundai trabalhou com o Uber Elevate para desenvolver um modelo PAV (Personal Air Vehicle), S-A1, que utiliza processos de projetos inovadores para otimizar aeronaves elétricas de decolagem e pouso verticais (eVTOL) para fins de compartilhamento de viagens aéreas. A iniciativa Elevate baseou esse processo na abordagem histórica da Nasa de divulgar publicamente conceitos de projeto para inspirar inovação entre várias empresas, estimulando o desenvolvimento de modelos comuns de pesquisa para investigar novos conceitos aerodinâmicos e catalisar o progresso da indústria em projetos de asas, ruído, aerodinâmica e verificação de simulação.

Como resultado, o modelo S-A1 da Hyundai apresentado na CES reflete os projetos anteriores do eVTOL que o Uber Elevate lançou das seguintes maneiras:

  • Ele foi projetado para uma velocidade de navegação de até 180 milhas/h (290 km/h), uma altitude de navegação de 1.000-2.000 pés (300 a 600 metros) acima do solo e para viagens de até 60 milhas (100 km).
  • O veículo Hyundai será 100% elétrico, utilizando propulsão elétrica distribuída e, durante os horários de pico, será necessário cerca de cinco a sete minutos para recarregar.
  • A aeronave elétrica da Hyundai utiliza propulsão elétrica distribuída, alimentando vários rotores e hélices em torno da estrutura da aeronave para aumentar a segurança, diminuindo qualquer ponto único de falha. Ter vários rotores menores também reduz o ruído em relação aos grandes helicópteros de rotor com motores de combustão, o que é muito importante para as cidades.
  • O modelo foi projetado para decolar verticalmente, fazer a transição de asas em navegação e depois voltar ao voo vertical para aterrissar.
  • Os veículos Hyundai serão pilotados inicialmente, mas com o tempo eles se tornarão autônomos.
  • A cabine é projetada com quatro assentos de passageiros, permitindo que embarquem/desembarquem facilmente e evitem o temido assento do meio com espaço suficiente para uma mala pessoal ou mochila por passageiro.

Introduzindo a era da mobilidade contínua, a exploração da Hyundai do futuro transporte urbano incorpora o conceito de PAV elétrico com um novo transporte terrestre, o conceito de Veículo Construído com Propósito (PBV). A visão da Hyundai de criar comunidades a partir de futuros sistemas de trânsito entra em foco com mais um novo conceito de infraestrutura, chamado Hub. Quando muitos PBVs e PAVs são acoplados e conectados a um Hub, eles criam um novo espaço público onde diversos grupos de pessoas podem se reunir.

 

Com patrocínio Eletra, alunos da equipe EletraBuzz saem na frente no projeto e-Kar
PREVIOUS POST
Fernando de Noronha dá exemplo e proíbe veículos a combustão até 2030
NEXT POST

Deja un comentario

Your email address will not be published. Required fields are marked *