Julia Griebel - Divulgação

Primeiro ônibus elétrico 100% produzido no Brasil nasce de parceria entre Eletra, Moura e Xalt

O Grupo Moura, a Eletra e a Xalt Energy firmaram parceria para produção do primeiro ônibus elétrico 100% fabricado no Brasil, além de um novo modelo elétrico-híbrido. A união entre a líder em vendas de baterias na América do Sul, a empresa referência em transporte público sustentável no País e a norte-americana especializada em soluções de armazenamento de energia para veículos pesados de grande porte foi oficializada nesta quinta-feira (21). Em julho, serão apresentados ao mercado dois ônibus urbanos – um 100% elétrico e outro híbrido -, produzidos pela brasileira Eletra com baterias fornecidas pela Moura.

A parceria entre as três empresas marca o início das operações do Grupo Moura no mercado de baterias de lítio e seu pioneirismo no nascente mercado de eletrificação veicular do Brasil. Por meio do intercâmbio tecnológico com os norte-americanos, a Moura está usando sua expertise de mais de seis décadas para realizar a adaptação dos produtos fabricados pela Xalt para viabilizar a produção nacional.

Nos últimos meses, a direção da Moura acertou com a Xalt não só a importação inicial como um acordo de transferência tecnológica para futura produção no país. Nessa primeira etapa, as baterias produzidas nos EUA serão adaptadas pela Moura para as condições brasileiras.

“Em nosso Centro de Engenharia e juntamente com nosso parceiro tecnológico nacional, o Instituto de Tecnologia Edson Mororó Moura, seremos responsáveis por avaliar o desempenho das baterias de acordo com nossas condições climáticas e a demanda por energia segundo o perfil de mobilidade das grandes cidades brasileiras. Além de disponibilizarmos nossa rede de distribuição, nosso know-how em logística reversa, assistência técnica, serviço de pós-venda e conexões com fornecedores de toda a cadeia produtiva de acumulação de energia no Brasil”, explica o diretor geral da Divisão de Lítio e diretor de Logística e Suprimentos do Grupo Moura, Fernando Castelão.

As baterias de lítio que equiparão os dois protótipos da Eletra foram desenvolvidas especificamente para veículos pesados de grande porte (ônibus e caminhões, além de navios e locomotivas ferroviárias), apresentando alta densidade energética e um sistema de gerenciamento e controle eletrônico, o Battery Management System (BMS). Pelo BMS é feita toda a gestão das baterias: desde o estado de carga, determinação da autonomia elétrica do veículo, até o suporte para o sistema de resfriamento das baterias, promovendo segurança na operação.

Os grandes diferenciais da tecnologia desenvolvida pela Eletra é a padronização do sistema de tração elétrica dos modelos (híbridos e elétricos puro) e a flexibilidade para somar, isolar ou substituir fontes de energia distintas no mesmo ônibus, permitindo que um único ônibus elétrico possa operar e se ajustar as condições disponíveis de matriz energética.

Prefeitura abre envelopes e destrava licitação dos ônibus
PREVIOUS POST
Eletra debate veículos elétricos no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
NEXT POST
  1. Paula says:

    Muito legal… gostaria de saber como faço para deixar um currículo para trabalhar nesta empresa maravilhosa…adoraria fazer parte de vocês …

    1. Cuca Fromer says:

      Preencha seus dados na página Trabalhe Conosco,
      http://www.eletrabus.com.br/trabalhe-conosco/
      e boa sorte!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *