Pressionada, Harley-Davidson lança moto elétrica em 2019

A Harley-Davidson lançará uma motocicleta elétrica no mercado nos próximos 18 meses, até a segunda metade de 2019.

O anúncio foi feito no dia 30/01 por Matt Levatich, presidente da mais tradicional empresa de motos de luxo dos Estados Unidos, fundada em 1903.

A novidade surgiu durante uma entrevista aparentemente rotineira sobre outros assuntos, entre eles, fechamento da fábrica de Kansas City e corte de 260 empregos.

O nome do novo produto não está definido. A moto elétrica será um desdobramento do protótipo LiveWire, que a empresa apresentou em 2014 (foto acima).

A rendição da Harley-Davidson ao mundo da mobilidade elétrica segue os passos da Ferrari, outra empresa que também resistia aos novos tempos de baixo carbono.

É também o resultado da retração do mercado de motos convencionais a gasolina, nos Estados Unidos e no mundo.

Em 2018, a empresa prevê uma queda de 4,9% em suas vendas globais, depois de um tombo de 6,7% em 2017 sobre o ano anterior.

CONCORRÊNCIA

Aparentemente, a aura romântica que a Harley-Davidson sempre procurou associar ao barulho, à fumaça e ao estilo retrô de seus produtos não mais seduzem os novos consumidores.

Mas a concorrência no mercado elétrico não será fácil. O protótipo LiveWire foi anunciado com autonomia de 80 km e aceleração de 0 a 60 milhas (96 km) em 4 segundos.

Se for esse mesmo o desempenho, ficará muito abaixo, por exemplo, dos modelos das californianas Zero Motorcycles e Mission Motors, startups que têm pouco mais de uma década de existência.

A Zero SR acelera de 0 a 60 milhas (96 km) em 3,3 segundos, com autonomia, dependendo do modelo, de até 260 km (cidade) e 130 km (estrada).

Já a moto Mission faz de 0 a 60 milhas em menos de 3 segundos, e tem autonomia de até 225 km (cidade).

Mas nenhuma delas é páreo para a moto-conceito da BMW, a Motorrad Vision, lançada em 2016.

A Motorrad tem tanta tecnologia e inteligência artificial embarcada que chega ao ponto de dispensar roupas de proteção e até capacete para o usuário.

Zero SR: de 0 a 96 km/h em 3,3 segundos

Mission R: formas modernas, desempenho superior e mais autonomia

BMW Motorrad Vision: design futurista e inteligência artificial

Airbus testa o seu táxi aéreo elétrico; veja outros 5 modelos
ANTERIOR
Um carro elétrico da Tesla está voando em direção a Marte
PRÓXIMO

Comente

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *