Toronto quer frota de ônibus com emissão zero até 2040

A Toronto Transit Commission (TTC), órgão gestor do transporte público da maior cidade do Canadá, anunciou este mês que irá adquirir 30 ônibus elétricos puros até 2019.

É a primeira parte do programa de aposentadoria de todos os ônibus movidos a combustíveis fósseis até 2040. Hoje, a frota municipal tem dois mil veículos.

Como meta intermediária, a TTC também fixou prazo até 2025 para que todas as novas compras sejam de veículos totalmente livres de emissões de gases do efeito estufa.

PROGRAMA

Na prática, a decisão exclui os ônibus a diesel de baixa emissão (Euro 5 ou Euro 6) e os movidos a gás comprimido de origem fóssil.

Ao final do programa, até os ônibus híbridos (cujos motores elétricos são parcialmente acionados por um gerador a diesel) serão substituídos por veículos totalmente a bateria.

O cronograma da TTC faz parte do TransformTO, o plano aprovado em julho pelo Conselho Municipal (Câmara) para eliminar 80% de todos os gases do efeito estufa de Toronto até 2050.

A TTC fixou um orçamento de 50 milhões de dólares canadenses (R$ 126 milhões) para comprar três lotes de dez ônibus elétricos cada de três fornecedores: New Flyer (canadense) Proterra (americana) e BYD (chinesa).

A empresa também comprará mais 230 veículos híbridos de segunda geração, por até C$ 230 milhões (R$ 582 milhões).

Neste caso, os fornecedores serão a New Flyer e a Nova Bus (outra fabricante canadense, controlada pela Volvo).

Tanto os novos ônibus elétricos quanto os híbridos deverão ser entregues até março de 2019.

HIDROGÊNIO

Num relatório ao Conselho de Administração, o chefe do Programa de Veículos da TTC, Bem Case, chegou a elogiar os ônibus movidos a células de hidrogênio (FCEB), mas desaconselhou comprá-los.

Ele reconheceu que os testes apontaram uma autonomia de até 450 km dos veículos a hidrogênio, muito acima dos 250 km dos ônibus a bateria, porém concluiu que a tecnologia não está madura para uma operação regular.

“Embora a tecnologia FCEB seja bastante promissora, há apenas 20 ônibus (desse tipo) em serviço na América do Norte” – escreveu.

A TTC administra o terceiro maior sistema municipal de transporte público da América do Norte. Perde apenas para as operadoras da Cidade do México e de Nova York.

A empresa opera também os sistemas de bonde, VLT e metrô. Toronto tem 2,7 milhões de habitantes.

Artigo: No Brasil, há espaço para todas as tecnologias
PREVIOUS POST
Consultoria esfria ambições do caminhão elétrico da Tesla
NEXT POST

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *