Elon Musk anuncia o Semi, o caminhão elétrico da Tesla

O empresário Elon Musk lançou nesta quinta-feira (16/11), em Los Angeles, o protótipo do primeiro caminhão elétrico da Tesla.

O Tesla Semi terá condução autônoma e um design projetado para rodar em velocidade média superior à dos caminhões comuns.

O lançamento era aguardado desde setembro, mas o veículo começará a ser vendido comercialmente só a partir de 2019.

O empresário não quis antecipar o preço final. O interessado terá de fazer uma reserva de US$ 5 mil, sem garantia de data de entrega.

AERODINÂMICA

O anúncio tinha sido adiado duas vezes por causa dos problemas da Tesla com a produção do Modelo C, o sedã médio elétrico lançado em abril.

Elon Musk disse que o Tesla Semi terá um custo operacional 20% menor do que um caminhão diesel convencional, em parte graças à velocidade mais alta.

Segundo o empresário, o design do Semi lhe dá um coeficiente de resistência aerodinâmica de 0,36, inferior ao de vários automóveis esportivos.

A promessa da empresa é que o caminhão fará de zero a 100 km/h em 20 segundos, com carga completa de 36 toneladas, podendo subir aclives de 5% também a 100km/h.

“Nós desenhamos o caminhão para ser parecido com uma bala, vamos deixar os diesel comendo poeira” – proclamou Musk, com retórica característica.

A autonomia será de 800 km, com possibilidade de uma carga extra de 30 minutos para rodar mais 640 km.

As cargas extras (“megachargers”) serão feitas nos postos de recarga elétrica que a Tesla já começou a inaugurar em estradas da Califórnia (ver aqui).

Boleia do Semi: só um assento, no centro

BOLEIA

Outra novidade no design é a boleia do caminhão. Terá lugar para apenas um assento, no meio da cabine.

O sistema de tração e as baterias são montados no assoalho do veículo, com um motor elétrico em cada roda.

Essa disposição, segundo a Tesla, rebaixa o centro de gravidade do veículo e garante mais segurança.

O Semi terá um um piloto automático que poderá permitir a condução autônoma.

Se o motorista pegar no sono ou desmaiar, o veículo estacionará por conta própria e chamará um socorro.

O piloto automático também possibilita a gestão integrada de frotas. Por exemplo, um comboio de veículos autônomos liderados pelo único motorista do primeiro da fila.

A Tesla também promete garantia de um milhão de milhas (1,6 milhão de km) com seu novo produto.

Tesla inaugura postos de recarga de veículos elétricos
PREVIOUS POST
Câmara prepara-se para votar nova lei de mudança do clima
NEXT POST

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *