ABVE apoia acordo sobre transporte sustentável em SP

9 novembro 2017
Comentários 0
9 novembro 2017, Comentários 0

A Associação Brasileira do Veículo Elétrico apoiou, nesta quarta (8/11), o acordo obtido na Câmara de São Paulo para reformar a atual lei de mudanças climáticas do município (Lei 14.933/2009).

Em nota oficial, a ABVE diz que o novo substitutivo ao Projeto de Lei 300/2017 “representa um inegável avanço numa matéria de suma importância para o transporte público paulistano”.

A nota é assinada por Iêda de Oliveira (foto acima), gerente comercial da Eletra e vice-presidente da ABVE para a área de Veículos Pesados.

Íntegra:

ABVE apóia nova proposta sobre transporte sustentável na Câmara de São Paulo

A Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE) recebeu com satisfação e alento a nova versão do PL 300/2017, divulgada nesta quarta-feira (8/11), que modifica o Artigo 50 da Lei de Mudança do Clima do Município (Lei 14.933/2009).

O texto, que agora deverá ser submetido ao Plenário da Casa, representa um avanço inegável numa matéria de suma importância para o transporte público paulistano e para a agenda da mobilidade sustentável do país.

A ABVE saúda o empenho dos vereadores em oferecer a São Paulo uma lei ambiental ao mesmo tempo moderna e viável, capaz de assegurar a transição da frota municipal de ônibus a diesel para veículos movidos a combustíveis renováveis.

Cabe destacar a disposição de diálogo e o espírito público dos vereadores Milton Leite, Gilberto Natalini e Caio Miranda, além das várias entidades ambientalistas e empresariais que há quase um ano – em conjunto com a ABVE – envolveram-se intensamente nesse debate.

Igualmente, é preciso reconhecer a atitude positiva dos operadores de transporte, que em todas as suas manifestações mostraram-se abertos à adoção das novas tecnologias nos ônibus da cidade.

O resultado foi o consenso possível entre o imperativo de mudança da matriz energética do transporte e o momento econômico das empresas e do Poder Público.

Ao fixar metas rigorosas de controle da poluição, a proposta oferece uma base legal sólida e prudente para as empresas de transporte e a Prefeitura enfrentarem o desafio de limpar o ar de São Paulo.

Para a indústria de ônibus e veículos elétricos em particular, o acordo é sinal de que um novo tempo está chegando ao transporte público brasileiro.

A ABVE espera que o Plenário da Câmara de São Paulo também seja sensível a essa nova realidade e contribua para aperfeiçoar e aprovar, em breve, a proposta anunciada hoje.

São Paulo merece uma grande lei ambiental e um ar mais limpo. E os paulistanos merecem um transporte público à altura dos mais modernos do mundo.

IÊDA MARIA A. OLIVEIRA, vice-presidente de Pesados da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE).

São Paulo, 8 de novembro de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *