Ônibus a energia solar da Eletra circula em março na UFSC

13 fevereiro 2017
Comentários 0
13 fevereiro 2017, Comentários 0

Começa a circular em março, em Florianópolis (SC), o primeiro ônibus elétrico brasileiro, produzido pela Eletra, com recarga de baterias a partir de estações de energia solar fotovoltaica.

O modelo foi lançado pioneiramente pela Eletra em setembro de 2016 no 21º Salão Latino-Americano do Veículo Elétrico, em São Paulo.

No dia 12 de dezembro de 2016, o ônibus foi oficialmente disponibilizado para circulação no campus da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

O projeto Ônibus Elétrico Assistido por Energia Solar Fotovoltaica é uma parceria da Eletra e outras empresas com a UFSC.

Ele será usado para transporte de alunos, professores e funcionários da universidade, entre as unidades do campus central de Florianópolis e o Sapiens Parque, a 25 km ao Norte da ilha.

PARCERIAS

A Eletra desenvolveu a tração elétrica num motor WEG com capacidade para 200 kw/400 kw de potência, além dos sistemas de integração.

A carroçaria é a Marcopolo Torino Low Entry, com plataforma Mercedes-Benz 0500 U Elétrico.

O veículo tem 12,7 m de comprimento e capacidade para 37 passageiros sentados.

Tem também wi-fi, pontos USB, ar condicionado, poltronas estofadas, duas mesas de trabalho e rampa para portadores de necessidades especiais.

O modelo foi desenvolvido dentro do conceito de “deslocamento produtivo”, no qual os usuários podem trabalhar durante a viagem como se estivessem num escritório. Não serão permitidos passageiros a pé.

O plano inicial prevê uma linha regular com quatro viagens ao dia, num total de 50 km cada (ida e volta), a uma velocidade de até 80 km/h.

No Sapiens Parque da UFSC, as baterias do ônibus serão abastecidas a cada viagem em pontos de recarga alimentados por energia solar captada pelas placas fotovoltaicas.

O projeto foi desenvolvido pelo Centro de Pesquisa e Capacitação em Energia Solar Fotovoltaica, sob coordenação do pesquisador Ricardo Rüther.

BATERIAS

O ônibus se movimenta por um sistema de tração desenvolvido pela Eletra num motor elétrico WEG  Trifásico 250 L.

A autonomia é de 200 quilômetros, com quatro recargas de seis minutos cada nos módulos solares fotovoltaicos integrados da UFSC.

A fonte do combustível do veículo é um conjunto de baterias de íons de lítio, com 128kw/h de energia, instaladas no teto.

O tempo de recarga das baterias pode ser de 2,5 h com carregador lento e de 6 min. com carregador rápido.

O resultado é um ônibus silencioso e macio, 100% movido a energia elétrica.

EMISSÕES

Estudo da própria UFSC diz que um ônibus convencional a diesel, com consumo médio de 670 litros por mês, emite 3,9 toneladas de gás carbônico CO2) no mesmo período. Ou, em um ano, 46,8 toneladas.

Segundo o  Grupo de Pesquisa Estratégica em Energia Solar da UFSC, um único ônibus totalmente elétrico evita a emissão de uma carga de CO2 que exigiria 5.800 árvores para ser removida da atmosfera.

Estudo do Instituto Totum e da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ), da USP, em parceria com a Fundação SOS Mata Atlântica, demonstra que cada árvore da Mata Atlântica absorve 163,14 kg de CO2 nos primeiros 20 anos de vida – uma média de 8,1 kg por ano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *